sexta-feira, 24 de junho de 2016

Pegou o marido com a amiga... e gostou de ver e participar!

Contagem do final de semana: 1.086.420 acessos - 2.061 contos publicados... muito bom!

Mais uma história de um ménage que acontece sem ninguém preparar nada... e é ótimo!




(escrito por Kaplan) 

Sabe quando um casal tem uma amiga muito querida, que frequenta a casa deles quase todo dia, que participa até das pequenas rusgas? Amiga que consola tanto ele quanto ela, amiga de horas as horas? 

Quero um beijinho das duas!!!
Então... era o caso de Jamila, amiga do casal Cirilo e Mariela. Parecia irmã dos dois, tal era o grau de amizade entre eles. 

Viajar? Iam os três! Faziam questão de ela estar junto, e as férias ficavam muito mais divertidas com ela. Houve até uma ocasião em que ficaram os três no mesmo quarto, pois a pousada onde eles se hospedaram estava cheia e a reserva não fora feita de forma legal pela agência de viagens. 

Não se incomodaram. Claro que não rolou nada entre eles. Eram apenas amigos.
Mas... um dia deixaram de ser apenas amigos.

Jamila estava no apartamento deles, conversando animadamente com Cirilo. Mariela estava fora, e, segundo Cirilo, não deveria demorar. Então o papo rolava solto e logo foram tomar um vinho, os dois sentados no sofá, ela conversava que nem italiano, usava mais as mãos e os braços do que a garganta... e num dado momento a mão dela pousou no pau dele. E foi um gesto com força, que fez o Cirilo encolher-se todo. Quem já levou uma porrada no pau e no saco sabe do que estou falando.
Ela ficou toda sem graça, aquilo tinha acontecido de forma inusitada.

- Ai, Cirilo...que horror, mil desculpas! Machucou muito?
- Cruzes... você nem imagina quanto!
- Veja se minha unha rasgou a pele dele... 

Ainda bem que não machucou... que lindo ele é!

Ele não pensou duas vezes em abrir a calça e pegar no pau para ver se havia algum estrago. Nem se lembrou que era a amiga que estava ali e não a esposa. E a amiga achou muito interessante o que ela estava vendo. Não conseguiu controlar.

Pegou no pau dele e ficou examinando... e ele endureceu, mesmo com a dor que Cirilo sentia, e ela sentiu alguma coisa percorrendo o corpo dela, da cabeça aos pés. E sem pensar muito, colocou o pau na boca e começou a fazer um boquete.

Nem ela nem ele estavam entendendo o que acontecia. Mas estava bom... muito bom! E foi nesse momento que Mariela chegou. Pegou a amiga com o pau do marido na boca. Os três levaram um susto tremendo. Ele tentou rapidamente guardar o pau, o que não foi fácil dado o grau de dureza em que ele se encontrava. Jamila não sabia onde se esconder. E Mariela não estava entendendo o tesão que sentiu vendo o marido e a amiga querida naquela situação.
Chegou perto deles, que não sabiam como explicar.

- Não precisam se explicar. Eu sempre pensei que mais dia menos dia ia rolar alguma coisa assim. E não estou brava, acho que devemos aproveitar para estreitar ainda mais nossa amizade. Solta o bicho, Cirilo! Jamila e eu vamos te dar um pouco de trabalho! 

Nunca imaginei isso... que ótimo!
Tão surpreso quanto Jamila, Cirilo obedeceu e pôs o pau pra fora. Mariela pegou nele e o chupou, fazendo sinal para Jamila também fazer a mesma coisa. Ficaram as duas na maior chupação, deixando o Cirilo maluco. Nunca imaginara tal coisa!

Tiraram as roupas, e Mariela deitou-se no sofá, esperando para ver o que o marido ia fazer. E as surpresas continuaram, porque Jamila agachou-se na frente dela e começou a lamber-lhe a xotinha. Aí, sim, que o Cirilo endoidou e mais que depressa posicionou-se atrás da Jamila e enfiou-lhe a vara.

Estava até difícil para Jamila usar a língua, tais os solavancos que Cirilo lhe provocava, então ela preferiu usar dois dedos, o que deixou Mariela gemendo sem parar.
As bombadas de Cirilo fizeram Jamila gozar e ela sinalizou para Mariela trocar de lugar com ela, para que o marido pudesse come-la também. O que foi feito, mas sem que Mariela chupasse a xotinha da amiga, pois nem sabia como seria isso. No entanto, Jamila queria e colocou a boca da amiga na xotinha e falou com ela: 

E não é que é gostoso mesmo?

- Fique passando a língua, enfia ela lá dentro... é gostoso, vai por mim!

Mariela atendeu ao pedido da amiga e logo entendeu como deveria fazer. E fez, também recebendo as bombadas do marido que socava sem parar. Os dois conseguiram gozar ao mesmo tempo, coisa que não acontecia tão facilmente assim. Mas naquela manhã conseguiram.

Felizes, os três ficaram sentados, nus, no sofá, conversaram muito a respeito do que tinha acontecido e, como não podia deixar de ser, entenderam que, de agora em diante, aquilo podia se repetir... e como eles repetiram!

2 comentários:

  1. E depois dizem que não há amizade "COLORIDA"(KKK...)

    ResponderExcluir
  2. Ah... mas existe sim... pode acreditar!

    ResponderExcluir