segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Dois casais e uma amiga na piscina



(escrito por Meg)

Estávamos na piscina, num dia de sol bem quente, eu e Kaplan, nossos amigos Adriano e Áurea, casal lindo e Flávia, irmã de Áurea. Não estávamos ali só para nadar não, tínhamos outras intenções mais nobres...

Quem deu início foi o Adriano, que chegou perto de mim e me lascou um belo beijo. As duas irmãs ficaram sorrindo vendo aquilo e a Áurea começou a nadar em direção ao Kaplan, imagino com quais intenções. Logo eles se agarraram dentro dágua mesmo e aos beijos e amassos foram chegando até a borda. O Adriano deitou-se folgadamente em uma bóia e a Flávia e eu chegamos até ele e ficamos uma de cada lado, só olhando..

Resolvi começar. Puxei a bermuda dele um pouco, o suficiente para o pau aparecer e comecei a beija-lo e chupa-lo. Muito do exibicionista, ele adorou mostrar o pau duro para nós duas, ficou segurando enquanto a gente olhava. Pisquei para a Flávia e ambas começamos a beijar o mastro. 

Olhando para o outro lado, eu via o Kaplan de pé, fora da piscina e a Áurea engolindo o pau dele. E logo ela estendeu toalhas no deck, se pôs de quatro e o Kaplan a comeu por trás, do jeito que eu gosto... depois ela se deitou e ele deitou por cima dela e continuou a come-la. De onde a gente estava dava para ouvir a gemeção que ela aprontou, devia estar bem gostoso aquilo lá.

Enquanto isso, Flávia e eu levamos o Adriano para uma poltrona redonda e grande, colocamos ele deitado lá e ficamos cada uma ao lado dele. Tiramos os sutiãs e as calcinhas, puxamos a bermuda dele e o deixamos pelado também.

Flávia foi a primeira a experimentar dentro de si aquele cacete maravilhoso. 

Sentou-se nele e ficou pulando. Eu fiquei segurando e beijando os peitinhos dela, aguardando pacientemente a minha vez. Tive de sair da poltrona porque o Adriano queria comer a Flávia de cachorrinho, ai não me cabia. Fiquei ao lado observando. Como eles estavam demorando muito a resolver, olhei pro lado e vi a Áurea já toda arregaçada, bem comida, deitada nas toalhas. Fui até o Kaplan e sentei no pau dele, pois ele ainda não tinha gozado. Ai pude me soltar e gozar.

Com nós três satisfeitas, paramos um pouco, entramos, tomamos algumas cervejas. O sol estava muito quente, esperamos ele baixar um pouco e voltamos para a piscina. Dessa vez o Kaplan ficou com a Flávia e eu pude abusar do Adriano, assistidos pela Áurea, que não se incomodou de ficar de fora da brincadeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário